20 de ago de 2007

Custo estimado na coleta do lixo da PPP de Canoas é maior do que o preço hoje pago pela Prefeitura

Custo estimado no item 1 - Coleta e Transporte dos Resíduos Sólidos Domiciliares, do ANEXO IV da PPP do lixo de Canoas é maior do que o preço hoje pago pela Prefeitura a empresa privada.Conforme o que consta no ANEXO II - Estudo de Pré-viabilidade, da concorrência no.31/2007 (que tem por objeto a concessão do lixo de Canoas), em sua página 30, no que se refere à coleta de lixo domiciliar, diz que o “custo atual [da coleta do lixo] é de R$ 73,57/ton e o volume médio atual é de 240 ton/dia”. Em outras palavras a Prefeitura de Canoas paga atualmente à empresa Vega Engenharia Ambiental S/A o valor de R$ 73,57 (setenta e três reais e cinquenta e sete centavos) por tonelada de lixo domiciliar. Recentemente a empresa Vega Engenharia Ambiental S/A na concorrência para os serviços de coleta e transportes de resíduos domiciliares do município de Porto Alegre (ainda em andamento), ofertou o preço de R$ 67,25 por tonelada de lixo. Ou seja, em Canoas a prefeitura paga R$ 73,57 e no município de Porto Alegre a empresa que presta serviços na cidade canoense ofertou R$ 67,25. Isso significa que essa empresa (Vega) poderia realizar o mesmo serviço de coleta e transporte de lixo a que se propõe a fazer em Porto Alegre, por preço menor que atualmente recebe da prefeitura de Canoas. A diferença entre o que a empresa atualmente está recebendo (R$ 73,57) em Canoas, e o preço que ofertou em Porto Alegre (R$ 67,25), corresponde ao valor de R$ 6,32 por tonelada. A prefeitura de Canoas está pagando essa diferença de R$ 6,32 o que representa, conforme o ANEXO IV - MODELO DE PROPOSTA FINANCEIRA /PLANO DE NEGÓCIOS E INVESTIMENTOS, onde consta no item 1 - Coleta e Transporte dos Resíduos Sólidos Domiciliares, que a Quantidade Mensal Inicial é de 5.300 toneladas [coleta de lixo domiciliar], o montante de R$ 33.496,00 por mês, ou o valor de R$ 401.952,00 por ano a mais do que o mercado indica.No item 1 - Coleta e Transporte dos Resíduos Sólidos Domiciliares (do ANEXO III - ORÇAMENTO ESTIMADO) a prefeitura prevê que os custos (no primeiro ano de PPP) para esse item, correspondem ao valor de R$ 503.606,00/mês. Considerando o total de resíduos domiciliares produzidos em Canoas, conforme indicação no ANEXO IV, correspondente a 5.300 toneladas/mês (iniciais), o custo estimado pela prefeitura de Canoas nesse item corresponde a R$ 95,02 (noventa e cinco reais e dois centavos) por tonelada coletada e transportada de resíduos sólidos domiciliares, valor esse superior ao que atualmente é pago a empresa que presta esses mesmos serviços de limpeza urbana a cidade canoense. (Fonte: www.mafiadolixo.com.br 31/07/07)

Nenhum comentário: